Portal Coamar realiza curso de extensão sobre materiais adaptados a estudantes com deficiência

10/05/2018 13:39

O projeto COAMAR está em uma nova etapa de trabalhos em 2018. Para quem não conhece, o COAMAR é um projeto de pesquisa e extensão que investiga as criações e utilizações, bem como a organização dos materiais e recursos pedagógicos adaptados para estudantes público alvo da Educação Especial que são pensados pelos professores do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Santa Catarina – CA/UFSC e pelo grupo de pesquisadores deste projeto.  Nestes dois anos de atuação o projeto mantém constante análise das demandas e opiniões dos professores e dos estudantes em relação aos recursos adaptados disponíveis junto ao processo inclusivo de estudantes público-alvo da Educação Especial. Também se destacou nesse processo de pesquisa o registro e a catalogação dos materiais e recursos adaptados para estudantes público-alvo da Educação Especial, a organização de um acervo com estes recursos e a criação de novos materiais que estejam em acordo com todas as práticas educacionais da instituição escolar. A pesquisa é exploratória, com levantamentos, registros e catalogação de materiais já existentes nos laboratórios das diferentes áreas de conhecimento. A estruturação deste acervo de materiais demandou a criação de uma página denominada Portal COAMAR, que está disponível na pagina inicial do CA/UFSC. Ali se encontram todos os jogos e recursos catalogados existentes no CA e os materiais produzidos pelos professores, entre outras informações importantes sobre o projeto.

A expectativa para o mês de maio de 2018 é direcionada ao início das oficinas de extensão oferecidas pelo projeto aos professores da educação pública no Estado de Santa Catarina, desenvolvendo um processo de formação continuada com professores do Atendimento Educacional Especializado, do Ensino Fundamental e Ensino Médio em aproximadamente 52 escolas de Florianópolis. As oficinas têm, como abordagem principal, as discussões teóricas aliadas à construção de jogos e materiais didáticos que possam contribuir com a aprendizagem de estudantes publico alvo da Educação Especial nestas escolas, bem como com os demais estudantes ali inseridos. O grupo de pesquisa conta com seis professores, dois professores colaboradores, uma servidora pesquisadora em colaboração técnica do IFB (Instituto Federal de Brasília) e 3 bolsistas, sendo uma bolsista pelo Programa Institucional de Programas de Estágio – PIBE em parceria com a Biblioteca Setorial do CA/UFSC e duas bolsistas pelo Programa de Bolsas de Extensão – PROBOLSAS.

Site: http://portalcoamar.paginas.ufsc.br/